domingo, 7 de novembro de 2010

Espectáculo de mão cheia

É preciso saber saborear as vitórias e ser digno de as merecer, mas também é preciso ter a humildade de reconhecer a superioridade do adversário e aceitá-la sem azedume. Jorge Jesus sabe que não foi apenas Hulk o culpado da derrota do SLB. Foi ele que começou a perder o jogo nos balneários, com a equipa que fez subir ao relvado. Hulk já fez melhores exibições do que a de ontem ao serviço do FC Porto.
Não gostei de ver adeptos portistas atirar bolas de golfe para o relvado ( como não tinha gostado ano passado daquela cena miserável no túnel da Luz, forjada por uns stewards contratados pelo SLB para o efeito, que vieram a condicionar o desenrolar do campeonato, desvirtuar a competição, e falsear a verdade desportiva, porque um Ricardo Costa qualquer decidiu armar-se em palhaço, impedindo dois jogadores portistas de competir. Além do mais o SLB foi a melhor equipa e não precisava dessa nódoa).
Não gostei de ver adeptos do Benfica arrancarem cadeiras e comportarem-se como bárbaros, de visita à cidade.Ficou demonstrado que todo o aparato encenado por Luís Filipe Vieira e Luís Nazaré, um mês antes do jogo, foi uma cena de ópera bufa protagonizada por pacóvios com boas relações com o poder. Comparar a visita ao Porto, com uma ida a uma cidade de bárbaros, é próprio de gente que, além de não respeitar os outros, não se respeita a si próprio, tendo por isso recebido puxões de orelhas de benfiquistas mais sóbrios, como é o caso de Vítor Serpa.
Muito se vai falar de uma bola de golfe que atingiu Roberto. O jogador não se lesionou e isso é que é importante. A atitude dos adeptos portistas foi feia e é condenável, mas não teve as graves consequências das praticadas por um adepto benfiquista que, há uns anos, matou um adepto do Sporting.
Por aqui por Lisboa, tenho assistido a comportamentos bem mas violentos dos adeptos benfiquistas, que apedrejaram e incendiaram autocarros do FC Porto. Já tive de entrar em Alvalade, por uma porta destinada a adeptos portistas, que tinha em cima uma tarja anunciando “Entrada para os cães”. Já vi um jogador de hóquei em patins do FC Porto ( Filipe Santos) ser barbaramente espancado por adeptos benfiquistas. Esteve às portas da morte e só voltou a competir dois anos depois.
Espero ( oh vã ilusão a minha…) que os jornais desportivos de amanhã falem mais do jogo do que do comportamento dos adeptos. Chega de acusar os adeptos do FC Porto como se fossem bárbaros.O FC Porto ganhou por números históricos. A vitória mais gorda de que me lembro foi de 4-0, com quatro golos de Lemos e o FC Porto não foi campeão nesse ano. Ontem foi apenas mais uma vitória. Saborosa, mas só valeu 3 pontos. Ainda há muito campeonato para jogar.

FC Porto 1- SL Benfica-1

Não estou a fazer futurologia quanto ao resultado do jogo do Dragão... apenas a constatar um facto. Este fim de semana FC Porto e Benfica defrontam-se 3 vezes. Duas na Luz e uma no Dragão. Ontem, o nonacampeão nacional de hóquei em patins, FC Porto, venceu o SL Benfica por 7-5.

Hoje, também na Luz, o bicampeão nacional, FC.do Porto, perdeu com o SL Benfica 31-30 Assim, antes de as duas equipas subirem ao relvado do Dragão, regista-se uma igualdade.

Espero, com toda a sinceridade, que mais logo ganhe o melhor ( e, se puder ser, que o melhor seja o meu FC Porto). De qualquer modo, o que mais desejo é que haja civismo, uma luta digna entre duas grandes equipas e que a arbitragem não interfira no resultado. No final, espero que haja desportivismo de parte a parte.É que ontem, depois de o próprio treinador do SLB ter reconhecido que o FCPorto fora um justíssimo vencedor, um dirigente encarnado veio dizer que ia protestar o jogo, sem que ninguém ( incluindo "A Bola") saiba explicar porquê.

Adenda: Mau prenúncio para as hostes azuis e brancas. Nesta jornada, nos seis jogos já realizados, ninguém venceu em casa.

Dardos x 5


Há já algum tempo que o CR não recebia prémios mas, esta semana, recebeu CINCO de uma assentada
Primeiro foi o Carlos. Seguiram-se a Ana Paula, o Donatien , o Rogério e, finalmente, a São. ( que na sexta-feira celebrou o 3º aniversário). Todos eles tiveram a amabilidade de me contemplar com o prémio Dardos.
«O Prémio Dardos é o reconhecimento dos ideiais que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc.... que, em suma, demonstrem a sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre as suas letras e as suas palavras. Estes selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre blogueiros, uma forma de demonstrar o carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.»
Já por duas vezes tinha recebido este prémio, mas recebê-lo cinco vezes numa semana enche-me de orgulho, devo dizer.
Como sabem, não costumo mencionar blogs a quem reendosso o prémio, porque considero todos os blogs que estão na barra lateral do CR merecedores. Se ali estão é porque os visito e por eles sou visitado.
Acontece no entanto, que há vários blogs que ainda não figuram na barra lateral, mas visito ( e me visitam) regularmente. A alguns já fiz referência na rubrica “Pelo país dos blogs” ( que em breve regressará) , mas outros foram descoberta recente. É respeitando este critério que atribuo o Prémio Dardos aos seguintes blogs:
-Cirandando