sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Noites de Lua Cheia


Descobri a razão de as pessoas se terem tornado menos românticas. Foi ao ler uma pequena notícia no JN, citando a revista Science: a Lua está a arrefecer e a encolher. . Eu bem me parecia que já não há noites de Lua Cheia como dantes!

Imagens da nossa memória (20)

Para quem não sabia ( ou não se lembrava), aqui fica a informação. Antes do 25 de Abril de 1974 era preciso pagar uma licença para ter isqueiro. E esta hein?
Imagem anterior: Matchbox Series

Crónicas de um país pimba (5)

-A senhora tem oito meses de atraso no pagamento do condomínio, não é verdade?
-Tenho sim senhor. Sabe como é, sr dr juiz , a vida está difícil, com esta crise não consigo pagar. Peço muita desculpa à administração do prédio, mas não tenho possibilidades financeiras para tanto...
-Não tem dinheiro para pagar 50 euros por mês, é isso?
-Ssiiiim...
-Tentou algum acordo com a administração?
-Que acordo poderia eu tentar, se não tenho dinheiro? Não vou tirar aos meus filhos para pagar as rendas…
-Não são rendas, minha senhora. Mas adiante. Sabe que essa é uma obrigação de qualquer condómino, não sabe?
-Sei sim, sr dr juiz, mas como já lhe expliquei...
-Não tem dinheiro. Quanto ganha por mês?
-Novecentos euros líquidos
-E que encargos tem?
-A alimentação, os estudos dos meus filhos, a roupa, os transportes, a gasolina…
-Gasolina? Então tem automóvel não é verdade?
-Teeennho sim.
-Quando o comprou?
-…..
-Não ouviu? Quando o comprou?
-Em Março senhor dr juiz
-Nessa altura já tinha condomínios em atraso, não é verdade?
-Ssiiimmm
-Quanto custou o carro?
-Foi barato, custou 15 mil euros
-Pagou a pronto?
-Não, estou a pagar ao Banco
-Não tinha carro antes?
-Tinha, mas já estava velhinho. Tinha quatro anos.
-E então, preferiu trocar de carro a cumprir os seus deveres de condómina…
-Não, sr dr juiz. Eu sei as minhas responsabilidades, mas o dinheiro não chega para tudo...
-Mas vai ter de o arranjar. A partir do próximo mês passa a pagar pontualmente os 50 euros mais uma percentagem da dívida que vamos acordar. Entendido?
( A Cena é só parcialmente fictícia. A sentença é pura imaginação. Não se passou num Julgado de Paz, mas sim no diálogo que a condómina teve com a administração do condomínio. O caso só vai agora para o Julgado de Paz, para apreciação, porque a condómina continua a recusar-se a pagar o condomínio).

Pausa para publicidade (10)

Sem açúcar!

Noite Europeia

Depois da noite gloriosa do Braga ( Vamos lá aver se chega...)uma noite de pesadelo das equipas portuguesas na Liga Europa. Marítimo copiosamente derrotado na Bielorússia ( 3-0) e Sporting a perder em Alvalade com os dinamarqueses do Brondby ( 0-2) já podem dizer adeus à Europa e concentrar-se nas competições internas.
Salvou-se o FC Porto com uma vitória gorda na Bélgica ( 0-3), que contudo não disfarçou uma exibição pobre, que a ausência de Hulk não é suficiente para justificar. Sem qualquer pejo afirmo que o FC Porto foi bafejado pela sorte e pela inexperiência de um árbitro ( noutra ocasiões tem acontecido o inverso...), caso contrário o resultado poderia ter sido bem diferente. Uma noite negra para as equipas portugesas, portanto.

A condenação de Carlos Queiroz


Sempre tive um “feelling” de que alguém queria fazer a cama a Queiroz e arranjou um pretexto. Ideia que se avolumou quando comecei a ler os comentários de alguns anti-queirozianos que desde a chegada de Queiroz à selecção, não se cansaram de o torpedear.E que se confirmou quando vi Ferguson como testemunha.
Acreditar que Queiroz se tivesse oposto a uma acção anti-doping é desconhecer por completo o trabalho do actual seleccionador nacional nas camadas jovens. Mas, acima de tudo, é uma profissão de fé.
Queiroz foi suspenso por um mês e condenado ao pagamento de uma multa de mil euros por ter insultado um tipo qualquer do ADoP. Ou melhor... a mãe. Quando vamos conhecer os factos "extremamente graves" a que o secretário de estado do desporto aludiu quando foi instaurado o processo a Queirós? Haverá, muito provavelmente, mais do que um insulto que se ouve diariamente nos estádios, em relação aos árbitros. Não é bonito, mas daí a afirmar que é de extrema gravidade parece-me demasiado. Agora que o processo está concluído, será bom que Laurentino Dias se explique, como prometeu. Sem esperar a conclusão do novo processo disciplinar instaurado pela FPF, agora por causa de uma entrevista em que acusou o vice-presidente de liderar de ser "a cabeça do polvo" que o quer ver pelas costas.
É que, no meio de tudo isto, quem sai prejudicada é a selecção.

Pelo país dos blogs (80)

Já aqui me referi ao assunto, mas a leitura deste post da Fernanda e respectivos links é fundamental para se perceber a essência do problema. Não se trata de estar a favor ou contra um jornalista que se constitui assistente num processo. Trata-se de respeitar o jornalismo. Ponto final.