segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Pausa para publicidade (6)


O Speedy Gonzalez de Massamá

Ouvi num qualquer noticiário da Antena 1 que Pedro Passos Coelho tinha cumprimentado “pessoalmente” os cerca de três mil militantes e simpatizantes que marcaram presença na festa da Quarteira. Pensei para os meus botões que aquilo era coisa para ter demorado mais de uma hora. Puro engano… Pedro Passos Coelho cumpriu a tarefa em pouco mais de 10 minutos, recorde absoluto, que só Speedy Gonzalez será capaz de igualar.
Fiquei também a saber que o Speedy Gonzalez luso vive em Massamá o que- na opinião do barítono do PSD Mendes Bota- o qualifica como homem do povo, por não viver em condomínios fechados como alguns governantes.
Não sei a quem se referia Mendes Bota, mas tenho a certeza que alguns dos simpatizantes e militantes presentes na Quarteira devem ter sentido as orelhas a arder e, no final do repasto, devem ter apresentado desculpas a Passos Coelho pelo facto de viverem em condomínios fechados. Provavelmente, em solidariedade com o novo líder vão vender as suas casas e passarão a viver em modestas vivendas com piscina. Em Massamá, Rio de Mouro ou na Porcalhota.

O segredo

Remexo em papéis velhos. Encontro umas notícias sobre o meu avô. Entre eles, uma entrevista redigida, publicada dias depois de completar 70 anos de casamento ( os meus avós viriam a celebrar 75).
Às tantas o jornalista ter-lhe-á perguntado o segredo para manter um casamento durante 70 anos, ao que o meu avô terá respondido, "Nunca se levantarem os dois à mesma hora"...

If you were a sailboat*

Comecemos, então, por umas férias em Estocolmo onde se evoca Kate Melua, a propósito de um encontro que me deixou cheio de dúvidas

* Primeiro post da série aqui anunciada ontem. Com música!

Imagens da nossa memória (16)


Ainda se lembram quem criou aquela garrafa bojudinha, que se tornou um ícone?

Já rola a bola

Começou este fim de semana a Liga de futebol. E começou mal. Para não variar, um caso pouco abonatório para o futebol português, com suspeições, acusações e muito fumo, mas pouco fogo- as acusações a Queiroz.
Não tenho grandes expectativas quanto à prestação do meu clube , apesar da vitória na Supertaça, fruto de uma exibição categórica.Em minha opinião ( espero lá para Maio ser obrigado a reconhecer que estava errado) tratou-se de uma exibição pontual que não terá continuidade- como parece ter ficado provado no jogo contra a Naval que o FC. Porto mereceu ganhar, mas apenas o conseguiu através de um lance fortuito.
Por outro lado, a exibição desastrosa da equipa de arbitragem no jogo de Aveiro para a Supertaça também me levantou grandes preocupações e nem a derrota do Benfica hoje e deixou mais descansado.

Pelo país dos blogs (77)

A Isabel Moreira está de regresso à blogosfera, agora em parceria com o Rogério Costa Pereira.Sigam-lhe a Pegada!