terça-feira, 30 de março de 2010

Publicidade feita pelo consumidor

A propósito da fibra óptica pergunta um consumidor:
Qual a vossa opinião sobre o serviço de apoio ao cliente?
O meo é péssimo e o seu?

Mudam-se os tempos...

Nos anos 80, quando um ocidental viajava entre Lisboa e Roma, numa companhia aérea europeia, era-lhe servida uma refeição com entrada, prato e sobremesa, que podia acompanhar com vinho. Na mesma época, o mesmo ocidental que viajasse na China Airlines entre Cantão e Pequim ( viagem aproximadamente com a mesma duração ) escarnecia dos chineses, por servirem uma refeição composta por uma sandocha e um sumo.
Vinte anos depois, numa viagem entre Cantão e Pequim os passageiros têm uma refeição completa que pode ser acompanhada com vinho. No entanto, se o msmo passageiro fizer a viagem entre Lisboa e Roma, ao final da tarde ( hora de jantar) recebe apenas uma sandocha e um sumo. Como reage hoje o ocidental? Critica a opulência do serviço da China Airlines!
Seria uma prova de inteligência aceitar que o mundo mudou…

Portugal no feminino (22)

Beatriz Costa- actriz
( 1907-1996)


Foi no teatro de revista que alcançou os seus grandes êxitos, mas foi através da televisão que a conheci. No tempo em que todos os domingos a RTP exibia um filme português e deu a conhecer ao país inteiro nomes como António Silva, Vasco Santana, Ribeirinho, Milú ( que também por aqui passou) e Beatriz Costa, a "menina da franjinha". Perdi a conta às vezes que vi "A Canção de Lisboa" , mas ainda hoje rebento a rir, só de recordar certas cenas por ela protagonizadas.

Pouco tempo depois do 25 de Abril, entrou no bar que eu tinha em sociedade com um dos meus irmãos,uma senhora cuja cara não me era estranha, mas que não reconheci. O meu irmão aproveitou logo para me chamar ignorante, claro. Como era possível o "puto" não conhecer a Beatriz?

Ao contrário do meu irmão, não me tornei amigo de Beatriz Costa a partir desse dia, mas visitava-a com alguma frequência. Vi-a pela última vez nas vésperas de Natal de 1995, numa escala que fiz em Lisboa, entre Macau e Buenos Aires. Faleceu em Abril do ano seguinte. Soube da notícia em Buenos Aires, dias depois. Ao pequeno almoço,enquanto lia o suplemento cultural do"Clarín".

Esta rubrica termina amanhã com a homenagem a uma mulher de que talvez muitos dos leitores mais jovens do CR nunca tenham ouvido falar.

Foram várias as leitoras do Rochedo que pediram a sua continuidade. Fica prometido que voltará lá mais para diante mas, nos próximos meses, vou dar espaço a outras séries que espero sejam igualmente do vosso agrado.

Para este peditório não dou...

Recebo periodicamente a “newsletter” Petição Pública on Line. Embora saiba a forma como são tratadas e discutidas as petições públicas, interessa-me perceber as causas que motivam os portugueses e os levam a subscrever petições à AR.
Fiquei no entanto descoroçoado quando, há semanas, recebi um mail remetido por aquele serviço, cuja única mensagem era uma campanha promocional da DECO.Compreendo perfeitamente que, para suportar os custos deste serviço, os seus promotores recorram a mensagens comerciais. Custa-me mais aceitar que uma associação de defesa de consumidores continue a utilizar técnicas de marketing agressivo para nos convidar a assinar as suas revistas, oferecendo em troca um leitor MP 4, um leitor de DVD ou uma estação meteorológica digital ( que não faço a mínima ideia do que seja, nem para que serve).
Depois disto, disto, e ainda disto, que mais surpresas me reservará a DECO?

Blogs no feminino (22)

A Rosa Carioca expressa Pensamentos eSentimentos, num blog que ainda não tive oportunidade de explorar como gostaria.