quarta-feira, 10 de março de 2010

Portugal no feminino (8)

Sophia de Mello Breyner Andresen
(1919-2004)
"Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.
Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.
Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não."
( Sophia de Mello Breyner Andresen)

"Com açúcar, com afeto...

... fiz seu doce predilecto(...)"
( Chico Buarque)
A Comissão para a Igualdade do Género (CIG) teve de esperar pelas conclusões de um estudo da Universidade do Minho, para perceber que “ entre a população mais jovem se aceita a violência” ( até com alguma naturalidade, diria eu…)
Pronto, mas mais vale tarde do que nunca e por isso a CIG decidiu agir. Como? Reforçando o esforço em “educar para a cidadania”. Entre as medidas tomadas, vai estender a campanha sobre a violência entre os casais mais jovens a todos os níveis de ensino, incluindo as crianças mais pequenas. Até aqui parece-me bem… mas quando leio que no âmbito da campanha vai ser produzido material pedagógico destinado a ensinar s crianças a reflectirem sobre “ a construção dos afectos " e a promover as “relações saudáveis”, não deixo de me questionar sobre o papel dos pais.
Foram os meus pais - e não a escola - que me ensinaram o valor dos afectos e a importância das relações saudáveis. Talvez porque tive a sorte de não me deixarem abusar disto.
Agora, diz a DECO,70% das crianças começam a ver televisão logo nas creches, para se irem habituando.

Blogs no feminino (8)

Em A Magia da Vida, a autora presta este mês homenagem a várias mulheres, mas há outros blogs dela que também merecem uma visita, como é o caso de Na Noite há muita vida.
A minha sugestão é que comecem pelo primeiro e depois vão espreitando os outros.