sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Pelo país dos blogs (83)

Este vídeo, apesar de bárbaro, deu-me algum conforto. Eu explico. Há tempos escrevi isto e houve quem pensasse que a cena tinha sido fruto da minha imaginação. O video vem demonstrar que, por muito que nos custe acreditar, a realidade é, por vezes, muito mais violenta do que a ficção.

4 comentários:

  1. Usar e deitar fora.
    Aplica-se a tudo por estes dias.
    Mesmo a animais.
    Até a pessoas.
    Pura desumanização, meu caro.

    ResponderEliminar
  2. Carlos Barbosa,
    Escandalizada e, mortificada são os sentimentos que assolam o lado esquerdo do meu peito e, traduzem a angústia patenteada sempre que um ser vivo maltrata, viola, e, mata.

    São acções nefastas que não podem ficar impunes e, devem imperiosamente ser julgadas.

    Ana

    ResponderEliminar
  3. Sei de um filme, feito a partir de imagens clandestinas, que apesar de poder ser considerado tendencioso, ou até um pouco fundamentalista, o facto é que ninguém pode negar o conteúdo daquelas imagens. A crueldade humana vai muito além da ficção.
    Um dia vou postá-lo no blogue.
    É o Earthlings, está disponível no youtube e aviso desde já q só vi os primeiros minutos.

    ResponderEliminar