sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Coelhito pensador...


Pedro Passos Coelho promete fazer de Portugal um país melhor e mais justo. Anseia ver os portugueses felizes. Acredito nas suas boas intenções… não percebo é como vai conseguir.Só uma pessoa que está totalmente desfasada do país pode pensar que, facilitando ainda mais os despedimentos e entregando as opções de reforma nas mãos de cada um, transformará Portugal num país mais justo.Com estas propostas ,PPC demonstra desconhecimento total do país e da nossa História.
Antes do 25 de Abril também não era obrigatório fazer descontos e, ainda hoje, os portugueses estão a pagar por isso. Se a sua ideia é obrigar os portugueses a descontar para os cofres das seguradoras, a emenda será pior do que o soneto. Como vai o Estado acudir àqueles que descontaram durante uma vida para fundos das seguradoras e, na altura da reforma , vêem a seguradora falir? Usando o dinheiro dos contribuintes para salvar a seguradora falida, ou responsabilizando-se pelo pagamento das reformas dos lesados?
Acabo de fazer um trabalho sobre os nossos velhos. Visitei dezenas de lares por todo o país e entrevistei dezenas de velhos. Alguns tiveram vidas desafogadas e hoje estão quase na miséria. Descuidos e comédias de enganos atiraram-nos para uma velhice sofrida. Esta tarde vou contar aqui uma das histórias desses velhos que entrevistei. Talvez quem veja em Pedro Passos Coelho um sinal de esperança, perceba o logro das propostas que ele apresenta.

2 comentários: