quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A gripe C

O mundo anda preocupado com a gripe A, ignorando os efeitos de uma gripe muito mais nefasta e devastadora para a Humanidade: a gripe C. O vírus desta gripe tem mutações muito rápidas e cada vez mais perigosas, mas ninguém tem coragem de aplicar a vacina capaz de o exterminar. Ler aqui

Caderneta de Cromos (2)

Vítor Constâncio
A minha parceira das sextas assinalou, há dias, a chegada do Outono. Ela tem razão no que escreve mas, nos últimos anos, habituei-me a associar a chegada do Outono a outro acontecimento. Quando o senhor da foto anuncia que é necessário conter os salários, para evitar o desemprego e combater a crise, assumo que o Verão terminou. Esta ave de arribação que ganha 20 mil euros por mês, mais mordomias, é tão cinzenta como os dias de Outono. Como todos os funcionários cinzentões que não agem, para manter o lugar, este senhor não cumpriu a função para que lhe pagam . Apesar de todos os avisos e sinais, fez ouvidos de mercador e deixou que um grupo de vigaristas levasse um banco à ruína, obrigando o Estado a intervir, com o dinheiro dos contribuintes, para minorar os danos.
Conclusão: eu, como todos os portugueses, não só tenho de pagar os prejuízos, mas também de continuar a pagar os elevados salários de um alto funcionário que não cumpre as suas obrigações. A única tarefa que religiosamente cumpre, é alertar para a necessidade de conter os salários de quem trabalha, enquanto continua a viver à custa de contribuintes que lhe sustentam os vícios e o desleixo.

Gostei de ler

Sabes? no Sem Filtro