quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Notícias do futuro

Era uma vez um país onde uma jovem de 16 anos não podia comprar álcool nem tabaco. Chamavam a isso progresso. E para confirmar o seu empenho no progresso do seu país, o governo decidiu que às jovens de 16 anos que não podiam comprar álcool nem tabaco, devia ser dado o direito de abortar sem necessidade de autorização dos pais.
Isto aconteceu durante a primeira década do século XXI na actual Ibéria, que nessa época se chamava Espanha, e partilhava com Portugal e outras províncias de linguarejares estranhos, todo o espaço da Península situada na ponta ocidental da Europa.

Sugestão do dia

Loba das Estepes