quinta-feira, 8 de outubro de 2009

A Revelação

Finalmente, em antecipação, revelo o primeiro episódio da novela que vai agitar o blogobairro. E não cobro nada, é mesmo de graça. Ouçam esta canção, porque é nela que está a chave do enigma. Mais explícito não posso ser. Se não conseguiram adivinhar, terão de esperar que passe um minuto da meia-noite, hora a que será publicado o primeiro capítulo de uma saga que vai dissecar o país. Começámos com um tema soft, mas a coisa vai esquentar já no segundo capítulo. Preparem os blogocomandos e, à meia-noite e 1 minuto, satisfaçam a vossa curiosidade. Esperamos que gostem. De qualquer modo, como são de Graça, não devolvemos o dinheiro das Crónicas.

Noticiário das 16 horas

A senhora PresidentA anda a aguçar o dente, porque pensa que vou publicar aqui umas fotos sujeitas a coimas. Desiluda-se, PresidentA! Isto é assunto mesmo sério, como pode(m) ver aqui... Aconselho que vejam, mas espero que as vozes dos actores que amanhã aqui estarão não sejam tão dissonantes como as do video. Ah, é verdade! Também vai haver a imagem de uma Senhora, mas apresentar-se-á em bom recato. FINALMENTE... a chave do primeiro capítulo da novela que amnhã se inicia neste blogobairro,será aqui divulgada às 20 horas. Se forem perspicazes, a dica será suficiente para perceberem do que se trata.

Amanhã...

É altura de começar a desvendar um pouco do mistério de amanhã. Hoje , em 3 capítulos, começarei a desvendar o que se vai passar amanhã no blogobairro. Como podem ver aqui, vai haver emoção, suspense e acção

Mais revelações às quatro da tarde.

Tirem-me daqui!

Não posso deixar de me interrogar sobre a sociedade onde vivo, quando leio a notícia do suicídio de 24 trabalhadores da France Telecom que, alegadamente, não aguentaram a pressão a que o seu posto de trabalho os sujeitava.
É este o resultado da maravilhosa globalização, assente na economia de mercado, que nos prometeram com tanto entusiasmo? Então não é nesta sociedade que quero viver. Já vi este filme na última década do século XX noutras paragens. Como se atrevem a chamar a isto liberdade?

Sugestão do dia

Em Banho Maria