sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Alô Brasil!

O Rio de Janeiro será a sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Estava a torcer por isso. Parabéns!
Canta, Brasil!!!!

Estamos em campanha eleitoral, mas não se nota nada...

Nem parece, mas estamos em plena campanha eleitoral. Depois do suspense das legislativas, os portugueses parecem menosprezar a campanha das autárquicas. É certo que Cavaco deu uma preciosa ajuda para este aparente desinteresse, com a sua comunicação. Os portugueses ainda estão a tentar decifrar o oráculo e parece que concordam com a afirmação do PR, quando disse que a disputa eleitoral já tinha terminado.

Em termos futebolísticos, é como se o Campeonato já tivesse acabado e nas autárquicas se fosse jogar a final da Taça, entre duas equipas de segundo plano. Mas não é bem assim. O resultado das eleições do dia 11 de Outubro é muito importante para o nosso futuro colectivo. Menosprezar as eleições autárquicas é um sinal de pouca maturidade cívica e democrática.

Moisés estava "pedrado"

É este o título de uma notícia que me deixou embasbacado. Um estudo, agora divulgado em Israel, concluiu que os Dez Mandamentos não foram fruto da inspiração divina, mas sim do efeito de drogas.
De acordo com o investigador israelita, Moisés teria ingerido alucinogéneos extraídos da casca de uma acácia, quando gravou os Mandamentos numa pedra do Monte Sinai. Ao que parece, os líderes religiosos israelitas estão indignados, o que me aprece normal. Já Olmert deverá estar de consciência tranquila. Provando-se que o 6º Mandamento (“ Não Matarás”) não resultou da inspiração divina, mas sim de uma “pedrada” de Moisés, sentir-se-á mais legitimado para continuar a chacina dos Palestinianos e confiante para se apresentar diante de Deus no dia do Juízo Final.Poderá sempre alegar, em sua defesa, que acreditou no investigador e considerou as ordens para “não matar”, ou “não cobiçar as coisas alheias”, ideias malucas de um toxicodependente.Que Deus me perdoe!
* Post publicado em 6 de Março de 2008

Sugestão do dia

Eu existo