quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pelos Caminhos de Portugal (Aviso)

1


2

Como ontem vos disse, um problema técnico obrigou-me a atrasar este passatempo. A causa foi uma arreliadora avaria no meu "scanner". Ontem, optei por ir buscar fotos à Net e, claro, fiz asneira. Assim, este passatempo fica adiado para melhor oportunidade e, em sua substituição, peço-vos uma ajuda.
Já terão reparado que nos últimos dias, aproveitando as férias do Sebastião ( Quem não conhece o Sebastião pode ver aqui) apareceram aqui pelo Rochedo as duas cotovias que estão nas imagens. eu estou disposto a ficar com uma ( E Só UMA!!!!!!) delas, para me ajudar nas tarefas blogueiras, desde que não entre em conflito com o Sebastião, quando ele regressar. Como só posso ficar com UMA, pedia a vossa ajuda para resolver duas questões:
1- Com qual devo ficar? A primeira ou a segunda?
2- Arranjem-me um nome para a cotovia, por favor! Estou sem imaginação.
Até ao final de sábado, fico a aguardar as vossas opiniões/sugestões e no domingo publicarei o resultado.
O (A)vencedor(a) fica desde já convidado(a) para a cerimónia do baptizado que ocorrerá no dia 4 de Setembro, data em que o CR comemora o 2º aniversário.


Pequeno guia de férias (2)

Alojamento- Os estabelecimentos hoteleiros em Portugal e vários países europeus estão classificados por estrelas ( De 1 a 5). Não é, porém, uma classificação universal, pelo que deve ter isso em atenção quando faz a reserva.
Um hotel de 3 estrelas ( na Índia, por exemplo) não é de categoria equivalente a um hotel classificado com a mesma categoria em Portugal.
Mesmo na Europa, encontramos , diferenças consoante o país.
Não se iluda com as brochuras, porque há muitos estabelecimentos bastante fotogénicos. Aconselho-o a procurar o site do hotel na Internet, confirmar se os serviços aí oferecidos coincidem com os da brochura e procurar opiniões sobre esse hotel noutros sites sobre hotelaria.
Normalmente, a reserva feita através das centrais de reservas “on line” saem mais baratas do que ao balcão. Este ano, porém, em alguns destinos de praia na Europa, pode ser vantajoso fazer a reserva directamente(a través de telefone ou mail) para o sítio escolhido. Se tiver tempo e disponibilidade, aconselho a fazer uma pesquisa na Internet, onde poderá encontrar boas pechinchas. ( Ver Hotéis)

Ambiente- Preserve o ambiente durante as suas férias . Deite sempre o lixo nos recipientes próprios. Mesmo que estejam longe de si não desista ; aproveite para dar um passeio e fazer exercício.
O convívio com a Natureza é sempre muito agradável, por isso preserve-a. Não deixe que a destruam. Seja um turista pró-activo. Se vir alguém a apagar uma beata num pinhal, ou a abandonar os despojos de um piquenique, aproveite para lhe explicar que esses gestos aparentemente inocentes, podem provocar um incêndio e danos irreparáveis na Natureza.
( Ver Natureza; um dia na vida de um consumidor ecológico)

Animais-Quem tem animais e não os pode levar consigo durante as férias, tem sempre um problema entre mãos. Por isso, alguns ( infelizmente muitos) abandonam os animais durante o Verão.
Os animais não podem ser vítimas da incúria dos humanos. Na impossibilidade de deixar os animais ao cuidado de um amigo ou vizinho, procure providenciar-lhe algum conforto durante as suas férias, porque eles vão sentir mais a sua falta do que imagina. Os canis e gatis não abundam em Portugal e alguns têm condições tão precárias que não o aconselhamos a deixá-los lá. Se a sua opção for mesmo deixar o animal num destes “hotéis”, visite primeiro as instalações e verifique como os animais estão a ser tratados. Se tiver essa possibilidade, deixe o animal uns dias antes de partir e vá visitá-lo nos dias seguintes. Ele vai perceber que não foi abandonado e que você vai voltar em breve para o ir buscar.
Os preços são muito variáveis, por isso prepare-se para gastar uma “nota preta” com a estadia do seu animal de estimação. Mas o prazer de o ter na sua companhia o resto do ano, merece essa despesa extra.
Se levar o animal consigo no avião, informe-se junto da transportadora aérea, os procedimentos a seguir.
No caso de o transportar de carro, proporcione-lhe uma viagem confortável, tome precauções para o animal não enjoar. Pergunte ao veterinário se lhe deve dar algum medicamento antes do início da viagem.
Amanhã: Bagagens e algo mais

Rose Garden*

Quando a Lei foi aprovada, chamei a atenção para a incongruência: o governo vedada a progressão automática aos funcionários públicos, mas permitia-a aos dirigentes. Ninguém pareceu dar importância. Agora, a imprensa ressuscita uma questão com mais de três anos. Bem, mais vale tarde do que nunca.... Ler mais aqui

Última Hora: O governo acaba de anunciar que a Lei foi alterada e que esta medida foi da responsabilidade de um executivo anterior, mas sem dizer qual. A César o que é de César.

*Haverá melhor canção do que Rose Garden, para ilustrar esta decisão do governo?

The first Time ever I saw your face*

Ontem, ao fim da tarde, tive uma experiência nova. Fui à BlogConf do BE, representar o Delito de Opinião. Se estiverem interessados, conto tudo aqui e aqui
* Aqui a versão de " The first time ever I saw your face" na versão de Roberta Flack. A que eu mais gosto.

Memories- a canção do dia (13)

Mal acabara de escrever este post, lembrei-me de outra canção que marcou o meu Verão de 1977. Esta é ligada a um filme de Martin Scorcese, a cuja estreia assisti em Washington.
Já toda a gente sabe qual a canção a que me refiro. "New York, New York". Pela voz de Liza Minelli, pois claro!