domingo, 19 de julho de 2009

Fly me to the moon *

“Fly me to the moon
Let me play among the stars
Let me see what spring is like
On a-Jupiter and Mars
(………………………………..)”
( Bart Howard)

Faz esta madrugada 40 anos que os americanos chegaram à Lua mas, curiosamente, são hoje em maior número os americanos que duvidam da façanha. Vá lá saber-se porquê…Lembro-me perfeitamente como passei as horas que antecederam a alunagem ( mas não peçam para eu contar…) e recordo-me de uma empregada dos meus pais que não compreendia as razões de estarmos colados à televisão. Foi para o jardim de lá de casa de nariz no ar e voltou desiludida porque não viu nada. No dia seguinte foi dizer ao padre que era tudo mentira e não compreendia como é que ele não tinha avisado na homilia que as pessoas estavam a ser enganadas. Levou uma penitência pesada – de que ainda hoje fala- mas continua descrente. Para ela foi um filme da televisão e ninguém a convence do contrário. A prova irrefutável que apresenta, para além de não ter visto: o padre era um mentiroso, porque era comunista e até foi preso algum tempo depois. Ora toma!

* Fly me to the Moon foi escrita em 1954 por Bart Howard, mas só se tornaria popular em 1961, pela voz de Nat King Cole. Em 1964 foi a vez de Frank Sinatra gravar um disco com Count Basie, onde incluiu este tema.