quinta-feira, 5 de março de 2009

Pronúncia do Norte (10)

CEPRIEGA=

= REINETA
Isto sim, é uma maçã decente, não é como aquelas vermelhinhas que Eva obrigou Adão a comer, marcando-nos com o pecado original.
Dizem que uma maçã cepriega faz bem à saúde e lava o estômago. "An apple a day, keeps doctor away", dizem os ingleses.
Eu há anos que como uma , todos os dias, em jejum.
Nota: a maçã não vai descascada, por causa das coimas!

Num supermercado perto de si...

Aos leitores mais sensíveis, recomendo que antes de lerem este post, vão aqui para perceber a razão porque o escrevi.
Ano de 2029, num supermercado perto de si.
Paula e Teresa casaram no último fim de semana. Ontem, decidiram ir ao supermercado fazer compras. No balcão do talho deixaram-se seduzir pelos embriões. Paula sugeriu de imediato que comprassem uma embalagem com um menino loiro de olhos azuis e 1,90m. Teresa olhou para o preço e sugeriu:
- Estamos no início de vida, Paula. Não achas que este é muito caro? Que tal se optássemos por aquele que está em promoção? Só mede 1,75, mas tem uns cabelos azeviche e uns olhos castanhos que são uma beleza!
-Estás a ver mal a coisa, Teresa! Não vês que o loiro de olhos azuis vem com um kit incorporado que o isenta de pagamento de propinas até entrar na Universidade?
- Isso não é vantagem nenhuma, Paula. Podemos ensiná-lo a ler e quando chegar aos 18 anos vai frequentar um curso de “Novas Oportunidades”. Num ano sai de lá com um curso superior.
- Vês sempre as coisas pelo lado económico, Teresa! Não devia ter casado contigo…
- Estou apenas a ser prática, Paula! Mas se o teu problema é o miúdo ser moreno e preferes um loiro de olhos azuis, que tal comprarmos aquele que é mais baixito e não tem kit incorporado?Paula pensou durante uns instantes. Deixou escapar um suspiro profundo e disse:
- Pronto, se é assim que queres…
- Já vi que não estás convencida. Pronto, levamos então o que tu queres. Talvez seja um bom investimento…
Paula sorriu e deu um repenicado beijo a Teresa. Preparavam-se para pegar na embalagem, quando foram surpreendidas pela chegada de Pedro e Tomás
- Tomás, já viste este loirinho de olho azul com 1,90m? É tão querido...vamos levá-lo?
- É p’ra já, Pedro!
Pegaram na embalagem e dirigiram-se apressadamente para a caixa registadora.
Paula e Teresa entreolharam-se desconsoladas.
- Paula não fiques triste, vais ver que arranjamos um nos saldos.