segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Pronúncia do Norte (5)

Enquanto esperam pelos resultados do passatempo, convido-vos a tomar um pingo. Ou, se preferirem, um garoto! Pronto, se estiverem com fome também podem trincar o croissant...

PINGO = = GAROTO
Pela primeira vez admito que prefiro o vocábulo sulista. São várias as razões. Por um lado, misturar leite no café é mesmo uma garotice. Por outro, é engraçado ouvir uma senhora a entrar na Versailles e pedir um garoto. Se fosse empregado da Versailles, dizia logo: minha senhora aqui garotos já não há, agora só seniores acima dos 40. Se deseja um garoto, é melhor ir a outro lado.
Aviso: Por favor não me venham falar do ABATANADO na caixa de comentários. Como diriam os Contemporâneos, é uma palavra tão ..."panisga"

43 comentários:

  1. Aqui se usa "pingado"! :)
    Se bem que eu gosto, mesmo, de um café puro.

    ResponderEliminar
  2. Abatanado?! Nunca ouvi tal palavra... Mas, realmente, tem um ar muito panisga...

    Eu também gosto de fazer essa piada com a palavra "garoto".

    ResponderEliminar
  3. Sim, garoto soa muito melhor :-D e na Versailles nem se fala, acompanhado por um daqueles mini folhadinhos com ovo por cima :-) uma autêntica delícia!

    ResponderEliminar
  4. e por não saber o que é panisga fiquei abatanada (desculpa, abananada)
    :)
    bjs

    ResponderEliminar
  5. Por estas e por outras é que tirando a Versailles , desde que fiquei com os cabelos brancos (idade e genética trabalhando juntas) passei a pedir meia de leite :-" mas pode ser numa chavena pequena de café:)))))"
    Ainda porque tinha o habito de rematar o pedido do garoto com
    :-" Cheio e bem quentinho".....um dia ouvi-me e desatei a rir, felizmente era nessa nossa pastelaria e o empregado conhecido de longa data .

    ResponderEliminar
  6. Eu já vi foi alguém a esquecer-se da palavra e a pedir um miúdo.

    ResponderEliminar
  7. Se bem que um "garoto" não deixa de ser um "pingo" de gente!
    Assim, como assim, prefiro um "cimbálino" no Majestic!

    ResponderEliminar
  8. É um pingo de cimbalino, ó faxabôre!

    ResponderEliminar
  9. Engraçado, este teu post.
    E também acho o termo "abatanado" dum mau gosto a toda a prova...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  10. Mas, Carlos, pedindo-se um pingo já sabem que é, mesmo, só uma gota de leite; pedindo-se um garoto, é que pode haver lugar a garotices :)

    ResponderEliminar
  11. Pingo, garoto, pingado, tenha lá o nome que tiver em terras portuguesas, e ainda mais acompanhado desse croissant, hummm... cai bem demais...

    E os comentários estão ótimos. Este seu blog, Carlos, é mesmo de se tirar o chapéu...

    ResponderEliminar
  12. Abatanado?
    Ó cum camandro qu'essa num oubi aínda!
    Mas tou cá descunfiado que debe ser coisa dum gaijo lhe amandar cum os garfos nas bentas! (ao abatanado ou lá que carago é, num é ao amigo!)

    Leite? No cimbalino?
    Tem razão, isso num é coisa que home que é home tome.

    ResponderEliminar
  13. Pingo!
    Claro! rsrsrs
    :))

    [Não tento participar no seu passatempo ali do post de baixo porque precisava de saber a sua idade. Fui ao perfil e ...debalde não a encontrei...rsrsr]

    ResponderEliminar
  14. Carlos,

    pois... olhe, certa vez eu e um colega fomos a uma acção de formação em Lisboa, entramos na pastelaria "Suíça" e ele pede, "um (aquele que não podemos aqui escrever o nome) e uma torrada sff"... resposta pronta da garçonete "desculpe senhor aqui não temos ab#"(/&%do só temos café duplo"

    boa semana
    um abraço e um sorriso :)
    mariam

    (tenho por aqui estado :).......é sempre um gosto renovado. acredite. bom, agora vou ao desafio infra :)!

    ResponderEliminar
  15. Pingo? Abatanado?
    Acho que tinha que tirar outra licenciatura para trabalhar no Porto, carago.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Cruzes! Já me viram pedir um garoto?! Ia logo de cana!

    ResponderEliminar
  17. Aqui chamamos pingo, em Famalicão e arredores.E um pinguinho com um croissant, de preferência folhado,com manteiguinha, ia mesmo a calhar a esta hora!

    ResponderEliminar
  18. Eh eh eh!!!
    Eu gosto da palavra abatanado! Mas o abatanado não é o mesmo que um garoto. O garoto é servido numa chávena de café e o abatanado é servido numa chávena de café com leite...seja como fôr, qualquer que seja a medida, eu gosto! Café com leite, com uma bela gola de espuma, daquela que nos suja os "bigodes", hum..., e este croissant...que aspecto! Já tomei o pequeno almoço, mas fico por aqui a repetir a dose, pode ser? Voltada para o Mar e para o Rochedo em frente ;)
    Have a nice Day

    ResponderEliminar
  19. Eu peço sempre um garoto de olhos azuis.

    ResponderEliminar
  20. Café português prefiro sempre só, mas já que estou pelo norte, acho que de agora em diante vou pedir garoto, e venha lá o que quiser.

    Só vão com cuidado se vêm pela Galiza, que "pingo" não é coisa para pedir um senhor num café e menos de manhã. Isso só em locais nocturnos de farol vermelho à porta.

    ResponderEliminar
  21. por cá também é garoto.

    Abatanado, realmente é um pouco digamos,panisga.

    ResponderEliminar
  22. Pior!Cuidado Carlos! Porque se houve quem conseguisse encontrar tendências pedófilas no livro infantil que lancei, se te ouvem pedir um garoto ainda vais preso... (ou não!)prefiro ficar-me pelo pingo. Ah! E um café pingado também não vai mal... beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Esta eu conhecia, cafe pingado. Os espanhois gostam muito do cafe assim, se bem que eles bebem em chavenas grandes.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  24. Gostei daqui e por isso venho convidar você a fazer parte do movimento que criei no meu blog.
    Então, o que me diz?

    Abraços

    secreto segredo

    ResponderEliminar
  25. Este dicionário está cada vez mais sem um pingo de vergonha. Onde já se viu tomar um garoto ao pequeno almoço??
    Assim não me admira que lá pela Mouraria haja tantos processos de pedofilia que vão ficar sem castigo, com os advogados logo a dizer...'ah, e tal, 'tá a ver sótor Juíz, o meu constituinte queria era um pingo, mas o outro senhor pensou que era um garoto que ele pedia'...

    Vão pelos do Norte, seus desavergonhados, que os dos Sul são muito 'abatanados', canudo!!

    ResponderEliminar
  26. nunca gostei de pingos...
    sei lá porquê?!!!

    ResponderEliminar
  27. Ahahaha

    Pois é o pingo é muito menos insuspeito que pedir um garoto :D E claro, o abatanada nem se comenta...lol


    (ó Carlos estava a falar com uma amiga minha e ela não sabia o que era um testo...lembrei-me logo de si e deste fabuloso dicionário)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  28. Violeta: eu também não sei bem o que é panisga, mas a verdade é que a palavra soa bem e começa a ser cada vez mais usada, no sentido de "amaricada". É um sucesso de "Os Contemporâneos".

    ResponderEliminar
  29. Carol, Filoxera e Ferreira-Pinto: Abatanado é mesmo panisga, não é?

    ResponderEliminar
  30. Violeta e maloud: A Vekiki explica no comentário dela. É aquilo mesmo. Brrrr!

    ResponderEliminar
  31. Annie hall: com que então bem quentinho, né? Vai lá vai!

    ResponderEliminar
  32. Teresa: Ou será antes uma máquina de garoto? (rsrsrs)

    ResponderEliminar
  33. Cristina: por isso é que eu disse que prefiro a palavra garoto...

    ResponderEliminar
  34. mdsol: Da próxima não va "de balde", vá antes de gabardine, por causa da chuva (rsrsrs)

    ResponderEliminar
  35. Bluevelvet: mas lá por cima não se usa "Abatanado"! Só em Lisboa é que ouço pedir essas coisas.

    ResponderEliminar
  36. Sónia: neste país há gente para tudo. Começo a tentar não ligar a essas parvoíces. Toda a gente procura encontrar defeitos no trabalho do próximo,ou inventar teorias, rumores, subentendidos, para se mostrar muito inteligente. Já não tenho pachorra!

    ResponderEliminar
  37. Sunioumiuou: Explique-nos lá esse pingo galego, si no la molesta...

    ResponderEliminar
  38. Ka: A sua amiga não sabe o que é um testo? Então mande-a vir aprender umas coisas aqui no Rochedo, porque se ela é do Norte, deve estar adulterada.

    ResponderEliminar
  39. Juro que nem toquei no croissant....

    ResponderEliminar