segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Sorriam, vá!


Então não é que um estudo científico ( leram bem: científico!) concluiu que os portugueses sorriram menos em 2007 do que no período entre 2003 e 2006? Quem o afirma é um “maduro” que passou 2007 a estudar as fotografias publicadas na imprensa. Para chegar a esta conclusão, este director do Laboratório de Expressão Facial da Emoção ( será um organismo público?) teve que analisar 39452 fotografias. Mas concluiu ainda mais coisas recheadas de interesse, como é o caso de as mulheres sorrirem mais do que os homens e as crianças terem um sorriso “mais largo” do que os adultos.Não percebo o interesse deste estudo, pelo que estou tentado a afirmar que este Laboratório é mesmo público ( é costume dizer que os funcionários públicos é que não trabalham ou só fazem coisas sem interesse...) mas se não for pergunto: quem paga a este sujeito, para estudar o sorriso dos portugueses?

6 comentários:

  1. Deve ser o senhor.
    Pois, se o estudo não fosse importante, até o senhor não escreveria nada. E, sabe, outra coisa, o dinheiro não é tudo na vida...

    ResponderEliminar
  2. Olhe que o anónimo também não deve ter sido.
    Não me parece que se ria muito...

    ResponderEliminar
  3. Eu sorrio sempre, esteja a ser estudada ou não!

    ResponderEliminar
  4. Patti: quando li aquele comentário, até me assustei. Não deve ter sdo ele, não!

    ResponderEliminar
  5. Gi:A fotografia do seu blog diz isso mesmo.Também gostava de viver sempre com um sorriso nos lábios.

    ResponderEliminar
  6. Uiiii...

    Coitado do anónimo!! Deve ser horrível ser assim amargo não acha???

    Eu por mim acho sempre que vale a pena um sorriso (ok, nem sempre é possível mas sabe muito melhor andar de sorriso na cara...e as reacções que provoca um simples sorriso????)


    ps - só concordo com uma coisa do seu anónimo : de facto o $ não é tudo na vida...mas quando nos sai do bolso para coisas perfietamente inúteis faz uma certa diferença :P

    ResponderEliminar